Até hoje, nos negócios...

Ícono-1

A liderança baseada na competência e no controle funcionou para que as organizações se alinhassem e atingissem seus objetivos. As hierarquias como estrutura organizacional serviram para desenvolver "os melhores".

Ícono-2

Quando se trata de decisões estratégicas, até agora foi suficiente centralizar as ações e a estratégia para obter melhores rendimentos econômicos.

Ícono-3

A cultura na empresa foi abordada como um tema “soft” e, na maioria dos casos, como uma boa intenção da equipe de Recursos Humanos

A liderança convencional, chamada de Nível 2, e que baseia sua efetividade no controle e na hierarquia, serviu para levar as organizações até onde estão hoje; porém, isso não é suficiente para levá-las ao nível seguinte.

“Hoje, apenas 5% dos líderes operam na
perspectiva necessária para gerenciar a complexa mudança sistêmica.”

David Rooke, William Torbert. Seven Transformations of Leadership.
Harvard Business Review

Como entendemos os negócios

Ajudamos os nossos clientes a enfrentarem os desafios do negócio, por meio do desenvolvimento de uma cultura consciente.

Através da cultura, é possível alcançar...

Ícono-4

Valor

Geração de valor para todos os stakeholders.

Ícono-5.2

Efetividade

Resultados que são alcançados de uma melhor forma.

Ícono-6

Alinhamento

Equipes alinhadas com o propósito e a estratégia da organização.

Nossos clientes

Ícono-Comillas

"Integralis mergulha de cabeça com sua organização e com você até definir um "Norte" adequado. Sua metodologia envolve e desafia a equipe, obtendo assim um resultado final de total compromisso com o planejamento definido".

Jaime Hill
CEO

Ícono-Comillas

"O valor agregado do acompanhamento da Integralis no processo evolutivo da cultura da Mabe foi vital e muito enriquecedor. Conectar a cultura da organização com o desempenho do negócio foi decisivo. O apoio para conseguir promover, motivar e recompensar os estilos construtivos, bem como o trabalho colaborativo, fez com que este fosse adotado e permeado por toda a organização".

Pablo Francis
VP Global de RH